Acontece nos meses ímpares, a Cerimônia Jizo Bosatsu, que tem por finalidade fazer pedidos ou de agradecimento. O de pedidos chama-se Jizô Kuyo, sendo o de agradecimento Jizo Matsuri. Os que tiveram filhos que sofreram abortos espontâneos ou não, podem solicitar a Cerimônia na versão Jizo Kuyo, para o encaminhamento. Os nomes das crianças homenageadas são enunciados na dedicatória a ser lido pelo oficiante. Mas para os que desejam engravidar, os pedidos a Jizo Bosatsu são realizados a partir do Jizo Matsuri. Tanto no caso anterior, como este, é indispensável a oferenda de doces e refrigerantes no altar. Esta cerimônia acontece aos sábados, nos meses a que se faz referência, sempre às 10 horas em um altar preparado na entrada da Sala do Dharma – Hondo.